Alerta prejuízo: distribuição irregular de chuvas no verão causa problemas em municípios brasileiros

Categories Soluções Ambientais
Alerta prejuízo: distribuição irregular de chuvas no verão causa problemas em municípios brasileiros

É justamente quando as chuvas ficam mais frequentes e servem para encher os reservatórios superficiais e subterrâneos, que o desequilíbrio na distribuição das mesmas leva a extremos. O Ministério da Integração Nacional reconheceu a situação de emergência em municípios de sete estados: Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná, Sergipe e São Paulo.

A seca prolongada afeta os municípios de Santa Teresinha e Água Fria, na Bahia; Carira e Gararu, em Sergipe; e os municípios mineiros de São João da Ponte, Januária, Juramento, Novorizonte, Luislândia, Ibiracatu, Várzea da Palma, Gameleiras, São Francisco e Pai Pedro. Enquanto que os municípios de Miracatu, em São Paulo; Mirassol D Oeste, em Mato Grosso; e Novo Horizonte do Sul, Tacuru e Sete Quedas, em Mato Grosso do Sul, foram afetados por intensas chuvas.

Quando considerada situação de emergência, as prefeituras podem solicitar apoio da Defesa Civil Nacional para ações de socorro e assistência à população, de restabelecimento de serviços essenciais e de recuperação de áreas atingidas pelos desastres naturais.

Para solicitar o apoio emergencial oferecido pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), os municípios devem apresentar o diagnóstico dos danos com os planos de resposta. Depois dessa análise, o recurso é definido e liberado.