Compostagem: como tratar resíduos orgânicos?

Categories Soluções Ambientais
Compostagem: como tratar resíduos orgânicos?

A compostagem é uma técnica de reciclagem de lixo orgânico muito conhecida mundo a fora. A compostagem é um processo natural em que os microorganismos como fungos e bactérias colaboram para a decomposição dos resíduos orgânicos. A técnica diminui significativamente os resíduos domésticos, principalmente de sobras de comida.

O processo de compostagem acontece da seguinte maneira:

Fase mesofílica: Nesta fase os fungos e bactérias mesófilos (ativos na temperatura ambiente) começam a se proliferar na matéria orgânica e a metabilizar os nutrientes encontrados nesta matéria. Esta fase tem duração média de 15 dias com temperaturas de até 40ºC.

Fase termofílica: Esta é a fase mais longa do processo de compostagem e pode durar até 2 meses. Nesta fase ocorre um aumento de temperatura (entre 65ºC e 70ºC) e entram em ação os microorganismos chamados de termofílicos ou termófilos. Estes microorganismos agem na decomposição mais intensa do resíduos e começam a eliminar os agentes patogênicos da pilha de compostagem.

Fase de maturação: Esta também é uma fase longa e que pode durar até 2 meses. Nesta fase são reduzidas as temperaturas novamente para a temperatura ambiente. A atividade microbiana diminui até cessar e a acidez do composto também diminui. Este período se estende até a maturação completa do composto para que ele vire húmus, livre de toxicidades, metais pesados e patógenos.

O composto orgânico é um material estável que pode ser usado em hortas e jardins ou como adubo para fins agrícolas, pois devolve à terra os nutrientes necessários e evita o uso de fertilizantes sintéticos.