Os resíduos sólidos e a contaminação do solo

O solo é a camada de material orgânico e inorgânico que cobre a superfície da Terra. A porção orgânica, derivada da decomposição de animais e plantas, concentra-se na parte superior; e a parte inorgânica é formada por fragmentos de rochas. Indispensável à saúde humana, o solo é um recurso não renovável: dois centímetros de terra levam mais de mil anos para se formar. Ainda assim, esse recurso vem se degradando de forma cada vez mais rápida. Isso acontece em razão de uma série de fatores... Leia mais

Descarte de resíduos sólidos

O desenvolvimento económico e industrial aumentou a geração de resíduos afetando não só o ambiente, mas também a qualidade de vida da população. Desde as microempresas até as grandes indústrias, independente do porte ou área de atuação, existe a necessidade da correta destinação dos resíduos gerados. Cada tipo de atividade vai gerar um tipo de lixo e cada um deles precisa de tratamento e destinação específicos. Um resíduo industrial é a sobra proveniente de um processo produtivo, que pode estar direta ou indiretamente relacionado com... Leia mais

Como são tratados os Resíduos de Serviços de Saúde?

A destinação do lixo hospitalar é um assunto que diz respeito à vida e à cidadania de todos nós. Para pensar um pouco mais a respeito, durante o mês de julho abordamos os vários aspectos dessa atividade. Neste último post do mês, vamos falar sobre as formas de tratamento dos RSS, especialmente a autoclave. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o lixo hospitalar deve ser gerenciado de forma segura, visando à proteção dos trabalhadores, a preservação da saúde pública, dos recursos... Leia mais

Entenda por que o descarte correto do lixo hospitalar preserva a saúde e o meio ambiente

Os Rresíduos dos Sserviços de Ssaúde (RSS), também chamados de lixo hospitalar, não são iguais aos resíduos comuns e requerem destinações e tratamentos diferentes. Afinal de contas, não se podem comparar os danos a serem causados pelo lixo doméstico com aqueles gerados nos estabelecimentos de saúde, como Hhospitais, Cclínicas, Llaboratórios e Ffarmácias. Por sua vez, os resíduos hospitalares também são divididos em várias categorias como: infectantes, químicos, radioativos, comuns e perfurocortantes. Cada uma delas exige um tipo específico de manejo e, portanto, não podem ser... Leia mais

Onira contribui para a qualidade da gestão dos RSS

Aprimorar os cuidados com a saúde pública e com a qualidade do meio ambiente é uma preocupação a ser levada a sério por quem cuida de gestão de Resíduos de Serviço de Saúde (RSS). Até o inicio dos anos 2000, porém, o cenário brasileiro era bem diferente, considerando-se que tais resíduos eram acondicionados e descartados da mesma forma que os domiciliares e públicos. Para regulamentar este descarte, em setembro de 2004, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), publicou a Resolução da Diretoria Colegiada -... Leia mais

Gestão correta dos resíduos hospitalares: uma questão de saúde e preservação do Meio Ambiente.

Lixo hospitalar é descartado de forma irregular”. Segundo matéria do Diário de Arapiraca, seringas e agulhas, que são produtos altamente contaminantes e perigosos, foram encontradas dentro de sacolas plásticas junto ao lixo comum de um dos hospitais da cidade. Infelizmente esse tipo de notícia ainda comum no Brasil. O lixo hospitalar, hoje denominado de Resíduos de Serviços de Saúde (RSS), são todos e quaisquer materiais provenientes de estabelecimentos de serviços de saúde como: hospitais, consultórios médicos e veterinários, clínicas de vacinação, laboratórios, drogarias e farmácias,... Leia mais

Cidades Costeiras sofrerão grandes impactos com as Mudanças Climáticas

As cidades brasileiras situadas em zonas costeiras são mais vulneráveis às mudanças climáticas, não apenas em relação ao aumento do nível do mar, mas também a eventos como fortes chuvas, tempestades, inundações e erosão costeira, tendo como resultado a destruição e impactos graves  à infraestrutura desses municípios A constatação faz parte do documento "Impacto, vulnerabilidade e adaptação das cidades costeiras brasileiras às mudanças climáticas", divulgado pelo Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas (PBMC), que aconteceu no dia 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, no... Leia mais

Logística Reversa

Surfistas encontram geladeira boiando no mar do Leblon, no Rio de Janeiro. Parece um absurdo, mas infelizmente é verdade. Segundo a matéria publicada no site Uol, os surfistas Marcos Schaefer e Antônio Amaral, no último dia 8 de junho, avistaram o eletrodoméstico e o levaram até areia para que fosse recolhido pelo serviço de limpeza. Esse foi apenas um exemplo do que ainda acontece atualmente. Infelizmente o descarte incorreto de eletrodomésticos, aparelhos eletrônicos, baterias e pilhas, causam efeitos extremamente nocivos ao meio ambiente, já que... Leia mais

Semana Mundial do Meio Ambiente

Estamos na Semana Mundial do Meio Ambiente, que começou no dia 5 de junho. A data foi criada em 1972 pela Organização das Nações Unidas, ONU, durante um encontro na Suécia para discutir o clima no mundo. Este ano o tema instituído pela ONU foi “Conectando pessoas à natureza” que tem como objetivo enfatizar os benefícios para a saúde física e mental de estar em meio à natureza. As Nações Unidas lembram os vastos benefícios de tal engajamento, desde a da segurança alimentar a uma... Leia mais

Compostagem: como tratar resíduos orgânicos?

A compostagem é uma técnica de reciclagem de lixo orgânico muito conhecida mundo a fora. A compostagem é um processo natural em que os microorganismos como fungos e bactérias colaboram para a decomposição dos resíduos orgânicos. A técnica diminui significativamente os resíduos domésticos, principalmente de sobras de comida. O processo de compostagem acontece da seguinte maneira: Fase mesofílica: Nesta fase os fungos e bactérias mesófilos (ativos na temperatura ambiente) começam a se proliferar na matéria orgânica e a metabilizar os nutrientes encontrados nesta matéria. Esta... Leia mais